Segunda, 24 de setembro de 2018
Anuncie com a gente, Contato: 82 9 8139-0717

27º

Min 20º Max 29º

Parcialmente nublado

Olho D'Agua Das Flores - AL

às 11:21
Polícia

03/05/2018 ás 18h50

81

Silvanio Rocha/DRT Registro Profissional 1448

Poço das Trincheiras / AL

Depois de 24h presos, Preto Boiadeiro e motorista são soltos
A dupla foi presa numa operação da polícia na cidade de Craíbas-AL
Depois de 24h presos, Preto Boiadeiro e motorista são soltos

No fim da tarde desta quinta-feira, dia 03, o filho de Neguinho Boiadeiro, José Anselmo Rodrigues de Melo, conhecido como Preto Boiadeiro e seu motorista Dalbério José Menezes, que estavam presos desde ontem (03) tiveram a liberdade concedida. O alvará de soltura foi confeccionado pelo juiz Jandir de Barros Carvalho, da 8ª Vara Criminal de Arapiraca.


A dupla foi presa numa operação da polícia na cidade de Craíbas. Segundo a polícia a prisão ocorreu porque no veículo que Preto estava havia uma arma sem registro. Segundo nota enviada à imprensa, “a família defende que a arma encontrada no veículo é registrada no nome dele”.


Segundo o magistrado, os acusados são tecnicamente primários, possuem bons antecedentes, residência fixa e ocupação, havendo a presunção de que a liberdade não será um óbice à aplicação da lei penal.


O caso


Após a operação policial que culminou com a prisão do ex-vereador José Anselmo Cavalcanti de Melo e seu  motorista Dalbério José Menezes, a família Boiadeiro emitiu nota nesta manhã questionando o ocorrido. Segundo os familiares, “o delegado chegou dizendo que tinha um mandado em prisão em aberto, ou seja, confundiram o Preto com o outro irmão, o Baixinho Boiadeiro”.


A família defende que a Polícia chegou à fazenda localizada em Craíbas, onde Preto se encontrava junto com o motorista e outros trabalhadores que estavam arando terra para plantar milho. Os agentes teriam chegado em dois carros e “invadiram a fazenda sem mandado de busca com oito homens fortemente armados e sem nenhuma identificação”.


Conforme os relatos da família, no comunicado eles ressaltam que  “não houve troca de tiros porque Preto Boiadeiro estava num carro blindado e correu para o Batalhão da Polícia de Arapiraca em busca de socorro; os policiais que estavam no local podem confirmar o fato” reforça a nota .


Com: Agências

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium