Acessos
domingo, 21 de outubro de 2018
82 9 8139-0717 Anuncie seu produto ou serviço com a gente

22º

Min 22º Max 37º

Parcialmente nublado

Carneiros - AL

às 03:58
Brasil

11/06/2018 ás 11h08 - atualizada em 11/06/2018 ás 11h15

38

Silvanio Rocha/DRT Registro Profissional 1448

Poço das Trincheiras / AL

Datafolha: Collor está entre os candidatos mais rejeitados rumo à presidência
“Empresa Folha da Manhã S/A” ouviu 2.824 pessoas entre os dias 6 e 7 de junho de 2018.
  Datafolha: Collor está entre os candidatos mais rejeitados rumo à presidência

A nova pesquisa eleitoral do instituto Datafolha, divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo neste domingo, 10, mostrou quais os pré-candidatos à Presidência são os mais rejeitados pelos eleitores. De acordo com o levantamento, os ex-presidentes Fernando Collor (PTC) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado Jair Bolsonaro (PSL) são os que “lideram” o ranking.


Ao todo, 39% dos entrevistados disseram que não votariam em Collor, seguido por 36% que rejeitam o nome de Lula e 32% que descartam votar no pré-candidato do PSL. Os três se tornaram os nomes com mais reprovação depois da desistência do presidente Michel Temer (MDB), que ainda era pré-candidato em abril, quando a pesquisa anterior do Datafolha foi realizada e o emedebista rejeitado era por 64%.


As oscilações tanto do trio quanto dos pré-candidatos do pelotão seguinte foram dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) era rejeitado por 29% e agora por 27%, enquanto a ex-senadora Marina Silva (Rede) viu o índice crescer de 22% para 24%.


O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) se manteve estático no quesito, com 23% de rejeição por parte dos eleitores. Ele e Marina aparecem empatados tecnicamente em segundo lugar quando o assunto são as intenções positivas de voto, disputando vaga para enfrentar Jair Bolsonaro no segundo turno.


A pesquisa Datafolha contratada pela “Empresa Folha da Manhã S/A” ouviu 2.824 pessoas entre os dias 6 e 7 de junho de 2018. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança estimado é de 95%. O levantamento está registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05110/2018.


 Fonte: VEJA

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium